Deserto

Mergulhado na imensidão
convivo com um tipo específico de solidão
onde a sala lotada e sorrisos largos
travam uma terrível contradição

Um grão de areia jogado aos ventos soprosos
carregado na velocidade da luz,
misturado aos demais tortuosos 
sem saber o que o induz.

Tépido e tórrido deserto, 
senhor do vazio, faz evaporar
a unica gota de esperança.

Doce ironia, aos pés da grande 
massa d'água, onde a vida é banhada,
amarga ao gosto do sal corrosivo da maresia.

Autoral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s