Folhas Caducas

  

A cada golpe de frio,
vejo as folhas amarelarem.
Retorcidas enfraquecem, caem,
adubam a terra.
Dispam-se as árvores!
O frio está chegando.
As aves enfeitam as árvores
que viram as noivas desnudas
nas tardes de maio.
Dispam-se as árvores!
Para o frio sulino.
Os ventos varrem as folhas
quebrantas de tantas plantas
mundo a fora.
Dispam-se as árvores!
As folhas caíram e despidas,
as árvores parecem encolher de frio.
Aguentem, pois tudo que começa,
termina de um jeito alucinante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s